26 de jul de 2011

Momento de Louvor e Reflexão na E. E. Dom Gino Malvestio



foto: Dina Carvalho e Tadeu Menezes

No dia 26(terça-feira) recebemos com muito carinho a visita do cantor e compositor Rinaldo Abecassis, que realizou momento de reflexão e louvor com os Alunos da E. E. Dom Gino Malvestio.

O Sr. Rinaldo Abecassis dede de 2002 promove projetos voltados às problemáticas que atingem os jovens como a “Violência nas escolas”, “Valorização da vida”, “Prostituição” e outros de grande relevância. Através do convite recebido pela Coordenadoria  Regional de Parintins/CREP na pessoa da Coordenadora Lanira Garcia está realizando-se palestras nas Escolas Estaduais de Parintins do qual é ressaltado acerca do maravilhoso presente que recebemos de Deus: “a Vida”.

foto: Dina Carvalho e Tadeu Menezes

Na sequencia transcorre palestra sobre a importância da valorização desse dom divino; as conseqüências das escolhas erradas; a importância do diálogo, da leitura e do estudante como profissional; ressalvando a exigência no mercado de trabalho.

Finaliza-se o momento de oração e louvor a Deus no desejo de “mudança de atitude como sendo o primeiro passo”.

A E.E. Dom Gino Malvestio agradece na pessoa da gestora Mª de Jesus ao Sr. Rinaldo Abecassis por esse momento tão especial que superou nossas expectativas diante aos alunos. Acreditamos que alunos, professores, coordenadores pedagógicos e servidores irão refletir sobre esse momento oferecido em nossa instituição de ensino.

Profa. Dina Carvalho
E. E. Dom Gino Malvestio

25 de jul de 2011

Excursão de Biologia

Para Krasilkchik(2008,p88) a maioria dos professores de biologia considera de extrema valia os trabalhos de campo e as excursões; no entanto, são raros os que  as realizam. Os  principais obstáculos á organização das excursões são: complicações para obter autorizações dos pais, da direção da escola e dos colegas que não querem ceder seu tempo de aula, o medo de possíveis acidentes, a insegurança e o temor de não conhecer os animais e plantas que forem encontrados, os problemas de transporte.

Esses obstáculos foram superados, e com muita confiança e satisfação, no dia 24 (sábado) a profa. Dina Carvalho com os alunos do 3º "01" e "02" do turno vespertino da E. E. Dom Gino Malvestio realizaram uma excursão na Comunidade do Zé Açu para coleta de amostras para produção de herbários através de descrições da morfologia das plantas encontradas na região.

Além da tarefa dos quais foram incumbidos, como preparar o material para o herbário e seu relatório, os alunos também verificaram alguns problemas interessantes, com o grande aumentamento de queimadas e diminuição de área vede naquela  região.


Entretanto, qualquer que que seja o local que será realizado a excursão/ ou visita, é importante que o aluno ter um problema a resolver e, em função dele, observar e coletar dados. "Uma excursão assim,como toda atividade didática, deve ter objetivos específicos que demandem a busca de informação em ambientes naturais, sem o artificialismo dos experimentos de laboratório, o que propicia uma ecperiência educacional insubstituível"(Krasilchik,2008).

Referência:
KRASILCHIK, Myrian. Prática de ensino de biologia, Ed USP. São Paulo.2008.p 88

24 de jul de 2011

Projeto Paisagismo e Horticultura na E. E. Dom Gino Malvestio

i
Ocorreu no sábado(24) a coleta de mudas de plantas e estrumo para o Projeto: “Paisagismo e Horticultura"  que tem como foco principal integrar as diversas fontes e recursos de aprendizagem, integrando ao dia a dia da escola gerando fonte de observação e pesquisa exigindo uma reflexão diária por parte dos educadores e educandos desta Instituição de Ensino.

A meta é atingir diretamente a escola como um todo(alunos, suas famílias e a comunidade em geral). É um projeto que visa o melhor aprendizado para os alunos, através da revitalização da paisagem melhorando o aspecto paisagístico da escola e em breve o cultivo de hortaliças, contribuindo com a alimentação dos alunos da E. E Dom Gino Malvestio.

Através deste trabalho temos como objetivo promover práticas de Paisagismo e Horticultura; fazer com que o aluno se relacione com a natureza de maneira mais viva e consciente em seu entorno, tornando-se co-responsável pelo seu Meio Ambiente. O projeto também enfatiza e permite que o aluno entenda as diferenças entre ambientes equilibrados e saudáveis, locais poluídos ou degradados, métodos de proteção e melhoria do Meio Ambiente, fontes alternativas de preservação, preparando-os para discutir e defender o universo ambiental. Assim, a Educação Ambiental  contribuirá para um desenvolvimento sustentável significativo. 

È possível realizar conquistas e transformações!

21 de jul de 2011

Temperatura no centro dos EUA chega aos 50 graus






A região central dos Estados Unidos enfrenta nos últimos dias uma onda de calor fora do normal que se estende até o leste do país, e a sensação térmica pode passar dos 50º C.
De acordo com Christopher Vaccaro, porta-voz do serviço de meteorologia nacional, "em um mês já foram batidos mais de mil recordes de calor".
- Mas o que é realmente fora do comum é a duração desta onda de calor, sua gravidade e sua extensão.
Ele explicou que há 24 estados afetados e que o número pode aumentar para mais de 30 nos próximos dias.
Segundo a imprensa americana, 13 pessoas morreram devido às altas temperaturas dos últimos dias.
Há semanas o calor afeta uma grande parte do centro do país, da fronteira com o Canadá até o Texas, no sul. Estas zonas registram "níveis perigosos" de calor, que combinados com uma umidade extrema, provocam sensações térmicas recordes, segundo os meteorologistas.
Ma segunda-feira, a sensação térmica em Knoxville, Iowa (centro), chegou aos 55°. Em Freeport, Ilinois (norte), e em Madison, Minnesota (norte), foi de 51°. Em Nebraska (centro), Wisconsin (norte) e Dakota do Sul (norte) esteve perto dos 50°.
Em Washington, onde nesta terça-feira era esperada uma temperatura máxima de 35°, deve haver também um aumento maior nos próximos dias, assim como em todo o leste do país, com exceção da Florida e do nordeste.
- A onda de calor não vai deixar o centro do país e a situação deve se agravar.
No centro, têm se multiplicado os alertas e as mensagens à população para que, principalmente os mais velhos, permaneçam em suas casas com o ar condicionado ligado ou que aproveitem a climatização dos centros comerciais.

Também alertaram para a detecção dos primeiros sintomas de desidratação, como náuseas, febre ou dor de cabeça.
Na capital americana, a companhia elétrica Pepco pediu aos consumidores que economizem energia para evitar apagões.
Chicago pôs à disposição da população seis centros para aqueles que quiserem aproveitar o ar condicionado (bibliotecas e edifícios públicos, entre eles).
Do outro lado do país, enquanto a temperatura é normal para o verão na Califórnia (oeste) e Arizona (sudoeste), em Nevada (oeste) e Utah (oeste) há alertas de incêndios, segundo os serviços de meteorologia.
A governadora do Oklahoma (sul), a republicana Mary Fallin, pediu no último domingo para que as pessoas "se unam numa oração para que chova", mas até agora as preces não adiantaram.

Fonte:http://noticias.r7.com/internacional/noticias/eua-registram-onda-de-calor-com-recorde-de-temperatura-20110719.html

19 de jul de 2011

Simulado do ENEM na Escola Estadual Dom Gino Malvestio

Na Escola Estadual "Dom Gino Malvestio" está sendo  realizado hoje e amanhã o simulado do ENEM, que é um método muito recorrido pelos alunos, e que a escola utiliza como ferramenta para preparar e ajudar o aluno neste processo. Pois acaba não só sendo um simulado da prova como também ajuda ao aluno como se portar em um ambiente de prova.

foto: Patrícia Silveira



ENEM 2011 (Exame Nacional do Ensino Médio) é um exame realizado pelo Ministério da Educação (MEC) que tem por objetivo inserir os alunos, que adquirirem as melhores notas, em uma faculdade a sua escolha. Os alunos que sonham em entrar numa universidade sabem que, hoje, a melhor forma de realizar isso é devido ao ENEM, e para que se alcance isso é necessário muito estudo e dedicação, pois está cada vez mais difícil a inserção devido à grande concorrência.



O que vai cair no ENEM 2011 ?
Hoje, tem se tornado muito comum a existência de curso preparatório para o ENEM 2011, em virtude do aluno, além de estudar em casa, precisar da opinião e da didática de profissionais para se preparar para as provas do ENEM 2011, aumentando, assim, a possibilidade de realização do seu sonho; ou seja, os cursos preparatórios são essenciais hoje em dia, devido ao grande conhecimento adquirido sobre a prova, e também pela possibilidade de revisão das matérias mais difíceis.

O que estudar para o ENEM ?
Nos simulados do ENEM o aluno vai encontrar todos os temas que precisa estudar, em questões das provas preparadas, dentro do modelo do novo ENEM 2011. Igualmente ao ENEM, o simulado é feito em quatro partes: Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

















Qual a principal diferença entre o Enem tradicional e o novo Enem?
Até 2008, o Enem era uma prova clássica com 63 questões interdisciplinares, sem articulação direta com os conteúdos ministrados no ensino médio, e sem a possibilidade de comparação das notas de um ano para outro. A proposta é reformular o Enem para que o exame possa ser comparável no tempo e aborde diretamente o currículo do ensino médio. O objetivo é aplicar quatro grupos de provas diferentes em cada processo seletivo, além de redação. O novo exame será composto por perguntas objetivas em quatro áreas do conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias (incluindo redação); ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias e matemáticas e suas tecnologias. Cada grupo de testes será composto por 45 itens de múltipla escolha, aplicados em dois dias.

Por que mudar o Enem?
A grande vantagem que o MEC está buscando com o novo Enem é a reformulação do currículo do ensino médio. O vestibular nos moldes de hoje produz efeitos insalubres sobre o currículo do ensino médio, que está cada vez mais voltado para o acúmulo excessivo de conteúdos. A proposta é sinalizar para o ensino médio outro tipo de formação, mais voltada para a solução de problemas. Outra vantagem de um exame unificado é promover a mobilidade dos alunos pelo País. Centralizar os exames seletivos é mais uma forma de democratizar o acesso a todas as universidades.




Prova Brasil e SAEB 2011

O que é Prova Brasil?



A Prova Brasil e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) são avaliações para diagnóstico, em larga escala, desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). Têm o objetivo de avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos.

No Portal do MEC é possível  ler e fazer o download de simulados da prova.
"Os simulados são importantes porque trazem exemplos de questões próximas às que serão utilizadas na Prova Brasil".
O INEP realizará a Aneb e a Prova Brasil (Anresc) 2011 em parceria com Estados e Municípios. Participarão da Prova Brasil 2011 todas as escolas com pelo menos 20 estudantes no 5º Ano (4ª Série) e 9º Ano (8ª Série) do ensino fundamental regular, matriculados, em escolas públicas, localizadas em zona urbana e rural.
Aplicação da prova
 No período de 7 a 18 de novembro de 2011, em todos os Estados e no Distrito Federal.
Para realização da Aneb será selecionada uma amostra complementar à Prova Brasil cujos estratos serão constituídos por:
  •  escolas que tenham de 10 a 19 estudantes matriculados no 5º ano (4ª série) ou 9º ano (8ª série) do ensino fundamental regular público;
  • escolas que tenham 10 ou mais estudantes matriculados no 5º ano (4ª série) ou 9º ano (8ª série) do ensino fundamental regular privado;
  • e escolas que tenham 10 ou mais estudantes matriculados na 3ª série do ensino médio regular público ou privado.
Mais informações acesse:  http://provabrasil.inep.gov.br/edicao-2011

18 de jul de 2011

Experiências:Fazendo um “Tornado” em casa


Um tornado é um fenômeno meteorológico que se manifesta como uma coluna de ar que gira de forma violenta e potencialmente perigosa, estando em contato tanto com a superfície da Terra como com uma nuvem cumulonimbus ou, excepcionalmente, com a base de uma nuvem cúmulos. Sendo um dos fenômenos atmosféricos mais intensos que se conhece, os tornados se apresentam sob várias formas e tamanhos, mas geralmente possuem um formato cônico, cuja extremidade mais fina toca o solo e normalmente está rodeada por uma nuvem de  e outras partículas. A maioria dos tornados conta com ventos que chegam a velocidades entre 65 e 180 km/h, medem aproximadamente 75 metros de altura e se trasladam vários metros, senão quilômetros, antes de desaparecer. Os mais extremos podem ter ventos com velocidades de até 480 km/h, medir até 1,5 km de altura e permanecer no solo, percorrendo mais de 100 km de distância. 

Você já viu um redemoinho de vento? E o redemoinho que se forma quando uma pia cheia de água começa a esvaziar? A física chama de vórtex este fenômeno. As vezes remoinhos muito grandes e violentos são formados na atmosfera da Terra. Estes são os ciclones e os tornados. Quando um vórtex ocorre na natureza, seja ele um simples redemoinho ou um destruidor tornado, é muito difícil ver o que está realmente acontecendo. Nesta experiência você irá fazer um redemoinho, não de ar mas, de água, e poderá observar melhor o que acontece.

O QUE VOCÊ PRECISA PARA A EXPERIÊNCIA:
- 01 garrafa pet com tampa
- Corante alimentar
- Detergente da louça
- Água


COMO FAZER:
1. Encher a garrafa com água, até ¾ da sua capacidade. Se quiseres podes colocar dentro da garrafa algumas casas de plástico pequenas, tipo as do monopólio.
2. Adiciona à água 2 gotas de corante alimentar e uma colher de sobremesa de detergente para a loiça.
3. Coloca a tampa na garrafa, aperta-a bem e agita a garrafa durante 20 segundos.
4. Depois de agitares a garrafa, pega nele pelo fundo e gira-o mantendo-o sempre na vertical. Deves girá-lo, como se estivesses a mexer a massa de um bolo. O que é que vês?



TORnaDOS e FURACÕES

Embora as pessoas comumente confundam os tornados com furacões, eles têm pouco em comum. Um tornado tem diâmetro de centenas de metros, apresenta muita intensidade, possui um funil relativamente estreito e é causado por uma única tempestade conectiva. Raramente atinge diâmetro superior a 1 km e tem duração de aproximadamente 20 minutos.

Assim como os terremotos possuem a escala Richter para medir sua intensidade, os tornados possuem a Fujita-Pearson Tornado Intensity Scale ou, mais simplesmente, escala Fujita. Essa escala é usada pelos meteorologistas para medir a intensidade dos ventos de um tornado, que vai de F0 (mais fraco) até F6 (mais forte). Tornados com intensidade acima de F5 são improváveis de acontecer.


Já um furacão mede centenas de quilômetros (o tornado, centenas de metros), é comparável a dezenas de tempestades conectivas e sua formação ocorre sempre sobre as águas dos oceanos. Sua duração pode chegar a vários dias, mas quando atinge a terra firme perde sua força até dissipar-se. A escala Saffir-Simpson mede a intensidade dos furacões de modo semelhante à escala Fujita, que mensura a intensidade dos tornados.


Fonte:
http://estrelaseouricos.sapo.pt/nbsp/tabid/234/newsid703/509/mid/703/VAMOS-CRIAR-UM-PEQUENO-TORNADO/Default.aspx

 
 


Experiência: Bolinhas dançantes

Caros colegas de docência e alunos,

Nesse experimento você pode trabalhar a Densidade que é uma propriedade da matéria que relaciona a massa da substância e o volume ocupada por ela.

MATERIAL:
• Bicarbonato de sódio
• 3 bolinhas de naftalina
• 1 limão
• 1 copo transparente
• 1 colher de sopa de plástico


PROCEDIMENTO:

Coloque a água no copo até a altura de 5 cm, aproximadamente. Dissolva 2 colheres rasas de bicarbonato de sódio na água. Acrescente 2 colheres de suco de limão e as bolinhas de naftalina.
Observe o que acontece por cerca de 2minutos.

EXPLICAÇÃO:

O suco do limão, ao entrar em contato com o bicarbonato, provoca uma transformação química, ou seja, gera uma outra substância, o dióxido de carbono (CO2). Aquelas bolinhas que desprendem da água são bolhas de CO2. Quando se coloca as bolinhas de naftalina na água, ele “perturba” o sistema, fazendo com que o gás se desprenda do líquido em forma de bolhas e aderem às bolhinhas de naftalina. Como esse gás é muito menos denso do que a água, ele funciona como bóias, arrastando-as para a superfície da água e leva a naftalina junto.
Quando atinge a superfície, as bolhas de CO2 estouram (se soltam) para o ambiente, deixando as bolas de naftalina sozinhas, já sem a ajuda do gás afundam novamente, pois sozinha ela é mais densa que a água.
Nesse percurso encontram novas bolhas de gás e são novamente arrastadas para a superfície.

CONSTRUINDO UM SUBMARINO

PROPÓSITO
Os líquidos também têm densidade?

MATERIAL:
• Um vidrinho de amostra grátis de perfume (vazio)
• Uma garrafa de refrigerante descartável com tampa
• 1 copo com água



PROCEDIMENTO:
Coloque um pouco de água dentro do vidrinho de perfume, que não chegue à metade da sua capacidade. Emborque-o dentro de um copo com água e observe se ele flutua.
O vidrinho deve flutuar, ficando apenas o fundo fora d’agua.
Encha a garrafa descartável com água e coloque dentro dela o vidrinho que se encontra no copo, mantendo-o de cabeça pra baixo. Em seguida feche a garrafa.
Se você apertar a garrafa, o vidrinho descerá. Assim que deixar de comprimir a garrafa, ele subirá novamente. Se prestar bem atenção no nível da água dentro do vidrinho no momento em que apertar , verá que ele se eleva um pouco. Ao comprimir a garrafa, entra mais água no vidrinho, pois o ar que se encontra ali dentro sofre compressão. Com mais água dentro, o vidrinho fica mais pesado e afunda.
Quando entra água no vidrinho, sua densidade aumenta , pois apesar de sua capacidade continuar a mesma sua massa aumenta.
Quando cessamos a pressão externa sobre a garrafa, o ar que se encontra comprimido no interior do vidrinho, expulsa a água a mais que entrou; com isso a densidade do vidrinho diminui, e ele flutua novamente.
Obs: No caso dos submarinos, eles possuem um compartimento que pode ser preenchido com água quando o submarino vai ao fundo e esvaziado quando ele sobe à superfície.

TRUQUE PARA O GELO AFUNDAR


MATERIAL:
·           Álcool
·           Água
·           Dois copos
·           Gelo
PROCEDIMENTO:
Coloque água em um copo e álcool em outro, usando a mesma medida. Deposite uma pedra de gelo em cada copo e observe.


CONCLUSÃO:
Por que o gelo afunda no copo com álcool e flutua no copo com água?
Já aprendemos que é a densidade que determina  se um corpo afunda ou flutua.
Se a densidade do corpo for mais que a densidade do líquido no qual está mergulhado, ele afunda; caso contrário ele flutua.
No caso dos copos, temos álcool no copo I e água no copo II, podemos afirmar que o gelo é mais denso  que o álcool, porém é menos denso que a água.

15 de jul de 2011

Atividade Prática: Batimentos Cardíacos

Batimentos cardíacos são os movimentos do coração, que se contrai e relaxa, ejetando o sangue em direção das artérias e recebendo das veias. Um batimento cardíaco anormal em determinado momento pode ser sinal de problemas que necessitem de assistência médica.
Para medir os seus batimentos cardíacos sem a utilização de um equipamento próprio, siga as instruções abaixo:

• O objetivo é aferir quantas vezes o coração bate por minuto;

• Apalpe a parte inferior do pulso ou o lado da traquéia no pescoço até localizar um ponto em que seja possível sentir a pulsação;

• Localizado o ponto, coloque as pontas dos dedos indicador e médio no local e pressione suavemente até sentir o pulso;

• Use um relógio ou cronômetro para observar uma contagem de 10 (dez) segundos. Neste tempo, conte o número de pulsações;

• A seguir, multiplique o número de pulsações contadas dentro destes dez segundos por 6 (seis). O resultado dessa multiplicação será sua frequência cardíaca;

• Sabendo que a frequência cardíaca normal fica entre 60 a 100 ciclos, podendo variar, sendo costumeiramente maior em crianças, você terá uma percepção sobre a sua condição de saúde. Resultados anormais devem ser averiguados por um médico.



Atividade Prática


Medindo a pulsação


Procure identificar,a pulsação da artéria radial na região do pulso de colega sentado. Em seguida, marcando um minuto, conte o número de pulsações por minuto.
Peça a seu colega que fique em pé e repita o procedimento anterior, colocando também o ouvido próximo ao coração dele; verifique se haverá coincidência entre as batidas que você ouve e a pulsação da artéria radial.
faça seu colega praticar 2 minutos de corrida"parada", isto é, sem sair do lugar. logo após, conte o número de batimentos cardíacos por minuto.



Agora, responda às questões.
1.Quantas vezes o coração de seu colega pulsou por minuto, estando ele descansado?
2.Houve coincidência entre a pulsações cardíacas que você ouviu e as pulsações da artéria radial?
3.Quantas vezes o coração do seu colega pulsou após o exercício físico?
4.Compare seus dados com a do pessoal da sua turma para responder: Qual o número médio de batidas do coração, por minuto das pessoas da sala?
5. Além de exercícios físicos, que outros fatores produzem aumenta da frequência de batimento cardíaco?

10 de jul de 2011

Blog Ciência é...: Sistema Digestório: "Um laboratório Ambulante"

Blog Ciência é...: Sistema Digestório: "Um laboratório Ambulante": "Abaixo relaciono oito experimentos simples que você docente pode realizar com seus alunos; ou vice-versa(você aluno)em sua sala de aula. Des..."

É muito positivo..

Vamos rever novamente?

O COMEÇO: A AÇÃO DA SALIVA

Material:
  • vidro de conta-gotas com tintura de iodo
  • 2 copos plásticos
  • 2 tubos de ensaio numerados
  • água
  • amido





Procedimentos:

Coloque água em um dos copos, acrescente amido, mexa e despeje dois dedos da mistura em cada tubo de ensaio. No outro copo, recolha um pouco de saliva, passe-a para um dos tubos e agite. Espere 30 minutos e pingue uma gota de iodo em cada tubo.






Conclusão:

O amido, ao reagir com o iodo, apresenta uma coloração roxa, mas a mistura com saliva não fica roxa por causa da atuação da enzima ptialina. Ela transforma o amido em maltose, que não reage com o iodo.



Figura 1: Imagens dos experimentos realizadas pelos alunos do 2º ano "02" da Escola Estadual "Dom Gino Malvestio"


Figura 2: Imagens dos experiamentos realizados pelos alunos do 2º ano "01" da Escola Estadual "Dom Gino Malvestio"


É IMPORTANTE MASTIGAR BEM

Material:
  • 2 copos com água
  • 2 comprimidos efervescentes
Procedimento:

Triture um dos comprimidos sobre uma folha de papel. Coloque simultaneamente o tablete inteiro em um copo com água e o triturado no outro.



Conclusão:

O triturado se dissolve bem mais rápido. Essa é uma das características da digestão: quanto menores os pedaços de alimento, mais rapidamente os nutrientes presentes nele são absorvidos pelo organismo.



Figura 3: Experimentos realizados pelos alunos do 2º ano "02" da Escola Estadual "Dom Gino"
Observação: Neste experimento os alunos utilizaram substituiram os copos por beker e recipiente plastico com água.

3 SENTINDO SABORES

Material:
  • 4 conta-gotas com: suco de limão, água com açúcar, água com sal e chá de carqueja
  • açúcar
  • colher


Procedimento:
Diga aos alunos que algumas regiões da língua são mais sensíveis a certos gostos que outras. Pingue os líquidos em diferentes regiões da língua. Depois, coloque açúcar na língua seca de um aluno.Sugestiono que vende um aluno para que advinhe os sabores.
Conclusão:
Sentimos o gosto dos alimentos porque o cérebro interpreta as informações captadas pelos sensores presentes na língua. Se ela estiver seca, não sentimos gosto algum, pois a saliva ajuda a desprender dos alimentos partículas que sensibilizam o paladar.



Figura 4: Imagens dos experiamentos realizados pelos alunos do 2º ano "01" da Escola Estadual "Dom Gino Malvestio"


O MOVIMENTO DA DIGESTÃO

Material:
  • meia fina
  • bolinha de isopor ou de tênis
  • bolacha

Procedimento:



Peça aos alunos para colocar a mão no pescoço. Ao engolir uma bolacha, eles sentirão o movimento peristáltico feito pelos músculos do esôfago. Coloque a bolinha (que representa a comida) dentro da meia fina (o esôfago). Faça a bolinha deslizar pela meia empurrando-a com os dedos.
Conclusão:

Os músculos do esôfago se contraem de forma parecida com a meia para levar o alimento ao estômago. Esses movimentos ocorrem em todos os órgãos do sistema digestório.



Figura 5: Imagens dos experiamentos realizados pelos alunos do 2º ano "01" da Escola Estadual "Dom Gino Malvestio"


A ACIDEZ DO SUCO GÁSTRICO

Material:
  • 1 copo plástico de café
  • leite
  • vinagre ou suco de limão



Procedimento:

Coloque leite no copo e adicione vinagre ou suco de limão.
Conclusão:

O vinagre talha o leite da mesma maneira que o suco gástrico, produzido pelo estômago, quebra as moléculas grandes dos alimentos em partículas menores. Isso ocorre porque o suco é composto de ácido clorídrico, enzimas e muco.



O detergente da digestão

Material:
  • dois copos com água
  • óleo de cozinha
  • detergente


Procedimento:

Coloque óleo nos dois copos com água. Em um deles, acrescente detergente e agite.
Conclusão:

Assim como o detergente, a bile, produzida pelo fígado, é um suco ácido que transforma as gorduras em gotículas muito pequenas, facilitando a digestão.

Quebrando as proteínas

Material:
  • clara de ovo cozido
  • 4 tubos de ensaio numerados
  • água
  • suco de mamão, de limão e de abacaxi
  • algodão

Procedimento:

Coloque água no tubo 1, suco de mamão no tubo 2, de limão no tubo 3 e de abacaxi no tubo 4. Corte a clara de ovo em cubinhos iguais e coloque um em cada tubo. Tampe com algodão e deixe em repouso por três dias.

Conclusão:

Apenas no tubo 4 será possível perceber a diminuição da clara de ovo, já que a bromelina, enzima presente no abacaxi, provocou a quebra da proteína albumina. No estômago e no intestino delgado as proteínas também são quebradas pelas enzimas.